Já chegamos no segundo semestre; ainda dá tempo de motivar as crianças a estudarem...




Há muita cobrança de pais e mestres por resultados das crianças na escola.

Cobrança por resultados é a mesma coisa que busca por resultados?

Quando se trata de cobrança, é gerado um sentimento de pressão, stress, algo negativo e que nos tira do eixo.

A busca, por outro lado, é algo positivo e que nos impulsiona a realizar algo.

Sem busca não há meio.


Entrevistei a psicopedagoga Maria Tereza www.insightpsicopedagogia.com.br

sobre esse assunto:


Maria de Fátima: O que pode acontecer se a criança se sentir cobrada?

Maria Tereza: Vai causar ansiedade.

Maria de Fátima: O que pode acontecer se a criança se sentir estimulada?

Maria Tereza: A criança vai se desenvolver com tranquilidade e segurança.

O estímulo impulsionará para novas descobertas.

A cobrança é bem diferente de estímulo.

A autoconfiança é despertada pelos estímulos e motivação.

Maria de Fátima: Você acha que a maior parte das escolas está preparada para cobrar ou estimular as crianças?

Maria Tereza: Acho que os dois...Existe a cobrança e também estimulam um pouco.

Maria de Fátima: Como os pais deveriam se comportar no acompanhamento escolar de seus filhos?

Maria Tereza: Os pais devem acompanhar o desenvolvimento de seus filhos na escola, apoiando e estimulando.

Com responsabilidade e disciplina.

Criando uma rotina saudável para que tenham um ótimo rendimento escolar.

Maria de Fátima: O que fazer quando a criança não quer estudar?

Maria Tereza: Deve-se investigar a família e escola, consultar uma psicopedagoga.

Podem ser fatores emocionais.

Maria de Fátima: Como a psicopedagoga pode auxiliar essa criança?

Maria Tereza: A psicopedagoga vai investigar as causas.

Vai trabalhar as dificuldades, que podem ser na família, escola ou outras emocionais, também.

Essas questões serão trabalhadas com atividades lúdicas, jogos, artes, pinturas, desenhos e contação de histórias.

Essas atividades são terapêuticas e auxiliam muito para a melhora dos alunos no desempenho escolar.

Maria de Fátima: Com o acompanhamento psicopedagógico a criança terá notas melhores na escola?

Muitos pais temem que seus filhos percam o ano escolar.

Maria Tereza: Sim, os resultados são satisfatórios.

A maior preocupação dos pais é que seus filhos não percam o ano escolar.

Maria de Fátima: Como é possível tranquilizar os pais quando seus filhos estão desmotivados e não estão aprendendo?

Maria Tereza: É sempre importante que os pais tenham uma boa conversa com a psicopedagoga para esclarecer o que está acontecendo.

Precisam entender que cada criança tem o seu ritmo e que o aprendizado precisa ocorrer de uma maneira tranquila e prazerosa.


Agende uma sessão demonstrativa com a psicopedagoga Maria Tereza:

Ela terá o maior prazer em ajudá-los!

Whatsapp (11) 97358 4767



Um grande abraço,

Maria de Fátima

consultora pedagógica




24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo